InícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Bem vindo!

Imagine uma seita criada para perseguir os herdeiros dos maiores imperios do mundo. Imagine agora uma ilha magnífica, cheia de castelos e chateau's, criada para proteger e educar esses herdeiros. Aqui é o lugar. Principes, duques futuras rainhas ou estrelas de cinema: Estão todos aqui e no colegial. Tramas inacreditáveis estão por vir. Confusão, socos e beijos são mais que confirmados.Seja Bem vindo ao Royality South Island, mais que simples contos de fadas. Porque aqui a realidade é ainda mais interessante!

Tópicos similares
Links Uteis

Gossip, Gossip, Gossip!


Os destaques do mês


The Boy - xxxx


The Girl - xxxx


The Couple - xxxx


The Post - xxxx


The RP - xxxx

Become one!






No copy!

Todo e qualquer conteúdo disposto neste fórum foi criação unica das Admnistradoras. Portanto, é delas o direito exclusivo sobre o Royality South Island. O conteúdo aqui apresentado foi criado a partir de idéias insanas, mas aproveitáveis. Não é admitida, em hipotese alguma, a cópia total ou parcial sem autorização.
Agradecimentos à Deviant Art, que nos deceu as imagens exibidas e ao pessoal que apoiou a idéia. O site não possui fins lucrativos.

ROYALITY SOUTH ISLAND
© 2009


Compartilhe | 
 

 Sua fonte de fofocas diárias apresenta: O baile anual de Boas Vindas aos calouros!

Ir em baixo 
AutorMensagem
Allison Brannagah.
Book & Chess
Book & Chess
avatar

Mensagens : 141
Data de inscrição : 24/09/2009
Idade : 24
Localização : Bat Caverna

MensagemAssunto: Sua fonte de fofocas diárias apresenta: O baile anual de Boas Vindas aos calouros!   Ter Out 20, 2009 11:01 pm

Que os novos alunos sejam muito bem vindos a Royalith High e não se esqueçam de colaborar com a revista!


Não sei quanto a vocês, meus jovens, mas posso dizer que o meu fim de semana foi realmente surpreendente e agitadíssimo, de forma que sua escritora tem usado de muita cafeína para se manter acordada enquanto digita a matéria dessa segunda.
Soube de coisas que deixariam vocês de cabelo em pé e faria o nosso querido Albert Seaton Grey se revirar no caixão. Mas hoje serei malvada – ou não – e não divulgarei os boatos que ouvi por ai sobre algumas pessoas e suas atitudes mal pensadas.
Nota pessoal: Queridos, antes de cometer suas falhas para depois me puxar a orelha por divulgar algumas delas, pensem bem e não fiquem de amassos na sala dos professores ou em uma das passagens secretas nem tão secretas da Roy, nunca se esquecem que titia Alli tem olhos e ouvidos em todo o castelo.

Porém, entretando, todavia, contudo, não irei contar para vocês que peguei a professora McVay de beijos e amassos abraços com o Dr. Goldi. Desta vez falarei sobre algo ainda mais bombástico, surpreendente e totalmente verídico.
Não meus caros, Gustave Delacroix e Chanelle Conway não reataram namoro, para a tristeza geral da nação, o que elimina posteriores boatos sobre a tal volta. Mas o que fiquei sabendo vai deixá-los ainda mais animadinhos.
Creio que já ouviram alguns murmurinhos sobre o novo baile da Roy, para recepcionar os novos calouros. Todo ano têm, correto, e todo ano eu sempre solto uma notinha sobre os detalhes do baile antes que o conselho informe algo a respeito. Isso, claro, me causou algumas dores de cabeça, nada que não fosse corriqueiro, mas isso não me fez desistir de me aprofundar ainda mais nessa história e descobrir tudo que fosse possível para escrever a vocês.
Sob ameaça de ser expulsa, consegui notas quentes sobre o tema, a decoração, a ceia e os novos alunos. Não se assustem moçada, porque uma coluna só me basta para contar tudo o que descobri nessa árdua semana de pesquisa.

O tema: não é muita novidade o tema, alguns boatos foram soltos por aí, creio eu que vazarão de alguém do conselho, mas não cito nomes porque são só suspeitas. De qualquer forma, estou aqui para confirmar: será uma baile a fantasia, de preferência fantasias do século XIV, então não me apareçam vestidos de Elvis Presley ou As Panteras, tudo o que vão conseguir é umas boas risadas, além de um baita king kong.
Nota pessoal: apesar de que não duvido nada acabar dando de cara com alguns vampiros ou algumas fadas.

É de se imaginar que, além da fantasia, todo o resto será, por conseguinte, antiquado velho, antigo na verdade. Tudo, desde a decoração, as fantasias, a comida e bebida, será lembrando o tema obsoleto. De forma que não esperem comer Ruffles, beber soda e ouvir Rap ou Hip Hop – sobre o último, nem é tão lamentável assim.
Há uma novidade, porém, chegou ao meu ouvido que como será uma baile a fantasia, será obrigatório – ou não – o uso de máscaras, para que haja um clima de mistério pairando entre as pessoas. Todos devem ser tratados pelos seus personagens cuja fantasia retrata e não pelo nome, mesmo que seja reconhecido. Será divertido, algo mistério e adivinhação, estou completamente ansiosa para escolher minha fantasia e é bom que já preparem as suas, usando, é claro, de bom senso, né pessoal.

A decoração: um parêntese rápido: queria agradecer a pessoa X por ter me soltado informações sobre a decoração, a pessoa sabe quem é, mas me limito a não dizer o nome por motivos mais do que óbvios, não quero complicar a vida do indivíduo que, até então, me foi de grande ajuda. Obrigada pessoa!

Bem, não sei se será fácil sintetizar tudo que vi e ouvi sobre a decoração do baile. Seria um pecado ocultar qualquer detalhe e deixar de descrever com minuciosa perfeição todo o trabalho que os decoradores tiveram para tornar o salão de festa algo habitável e fazer deste baile de boas vindas um dos mais falados da Roy.
Nota pessoal: realmente espero que seja mesmo muito falado, afinal preciso do meu pão com mortadela – porque caviar está fora de moda - de cada dia que ultimamente vem recheado de noticias repetitivas. Façam o possível para que tudo seja publicável, afinal, todos esperam desse baile nada mais que um barraco ou um rompimento ou alguns amassos em lugares inapropriados...

Enfim, retomando o foco, tudo isso que vão ler é porque só vi metade da decoração, o resto deixarei para me surpreender no baile e para que se surpreendam também.
Sem mais delongas - meus dedos doem – eis aqui um pedaço da minha imaginação:

A começar pela, descaracterização. Esqueçam tudo de que se lembram sobre o salão de festas. Esqueçam as tapeçarias e castiçais, cortinas e papeis de parede. Tudo foi trocado e adaptado ao que se poderia imaginar para um tema do século XIV. Cortinas de veludo e castiçais dourados, essa é a nova moda para o baile desse ano e promete ser babante, como diz a moçada.
Lembram-se dos refletores de luz? Aquele globo prateado do ano passado? Tudo isso, metaforicamente, foi jogado fora e no seu lugar restarão somente grandes velas amarelas, muitas velas amarelas, roubaram todo um estoque de uma fábrica para iluminar o salão de festas e torna o tema, ora misterioso, ora arcaico, ainda mais misterioso e arcaico.
Quando vistoriei o arranjo da festa, estavam trabalhando em limpar e deixar impecável todas as paredes, piso, cortinas, tapetes, etc...
Não mais que isso, também contaremos com a “caridade” de alguns ex-alunos da Roy ou pai de atuais alunos. Pequenos presentes que farão parte dos objetos de decoração estavam sendo entregues a cada momento, cada vez chegava mais. Isso é uma dica para que não sejam pão-duro quando se despedirem da Roy e sempre se lembrem de bajular agradecer da melhor forma possível, talvez gastando suas fortunas dando presentinhos generosos, que tal? Isso tudo para uma boa reputação, galera, afinal a Royalith merece!
Espero que esse singelo apelo desconte o pequeno incidente na diretoria... E sim senhores vocês lêem a revista que eu sei.

A ceia: chegou a hora em que os mais famintos poderão se deliciar com só o imaginar de uma mesa farta de coisas.com.auto.teor.calórico guloseimas.
Lembram do ano passado? Retrospectiva 2008: o clímax da festa, o cume, o apogeu, o ápice, o auge, dentre outros substantivos - *fecha o aurélio* - foi a grande disputa de qual gordo guloso comia mais comida. Claro que o resultado foi uma mesa cheia de restos mortais do que era uma salada ou o que foi um bolo, mas, tirando a tremenda cara de tromba dos professores, todo o resto foi completamente divertido.
Não quero leva-los a uma nova disputa de comida – talvez um “quem agüenta mais taças de vinho”, quem sabe, ops! Brincadeira, brincadeira -, só estou recordando bons momentos daquela época, para, por fim dizer que devem se esquecer completamente disso. Comidas de Big Mac? Cervejas e refrigerantes? Não será isso que encontrarão desta vez no baile, pelo contrário, a coisa será bem mais agressiva e atacará por todos os lados.
Como a Roy tem o prazer de receber todos os anos diversos alunos de diversos lugares e país, até de estados que nem sequer deveriam existir no mapa, então, nada melhor do que misturar as culturas.
Exatíssimo meus caros! Porque dar uma ceia com um só tipo de comida correndo o risco de desagradar algumas parcelas de pessoas? Porque não uma ceia com todo o tipo de variedade alimentícia que se pode imaginar? Porque as crianças da África passam fome!
Chegando a essa conclusão filosófica, quase Einsteniana, eis que o comitê de decoração arrumou uma mesa farta de cultura esse ano.
Na minha opinião, foi uma ótima saída. Tirando as ironias baratas – que me custarão puxadas de orelha – tenho de confessar que nunca imaginei que pudessem se superar na organização do banquete.
Comidas Japonesas, Italianas, Francesas, Portuguesas e diversas outras “esas”, foram selecionadas, produzidas e trazidas especialmente para o baile anual dos calouros. Como supracitado, aqui existe uma variedade claramente notável de alunos de todo o mundo, a ilha de Roy abriga diversas pessoas e, como tal, também abrigará diversas outras pessoas que estão para chegar – os calouros. Querendo surpreendê-los e agrada-los, eis que o bufê foi baseado em uma diversidade étnica.
Não só a comida como a bebida.

Enfim, depois de toda essa ladainha escrita, eis que aparece a palavrinha mágica que todos esperavam ler: bebida, bebiiiidaaa...
Isso ecoa em seus ouvidos, afinal, o que é uma escola de jovens sem bebida? Bebidas alcoólicas, não alcoólicas, sucos, refrigerantes, vinhos, whiskies, cervejas, água mineral, água com gás, água sem gás, enfim, resumindo: bebidas!
Assim como as comidas, as bebidas também seguem o mesmo padrão. Diversas bebidas de diversos países. Mas, o que prevalece é o ancião, o Matusalém, o suquinho de uva dos homo sapiens, o vovozinho tão almejado: nosso velho vinho.
Safras de diversos países, com diversos rótulos, dos mais caros aos mais excêntricos, dos mais antigos aos mais antigos ainda.
Vinho, vinho, vinho...
Lembram do antigo estoque que havia na escola? Pois bem, como que para relembrar as pirralhadas de antigamente, decidem então comprar mais vinho, só que dessa vez esconderam e um lugar bem, muito bem escondido. Tão escondido que fica dentro da “parede” da sala do diretor Holfman, aquela que abre se você der um tapa na mesa. É claro que o vinho fica um pouco exposto quando ele sai da sala, geralmente entre as 18:00, 18:30, mas eu sei que vocês são compreensivos e não vão bisbilhotar a sala do diretor e nem roubar sua safra quando ele não estiver lá.
Nota pessoal: nunca mexa com uma garota de língua e dedos afiados. ;]


Para finalizar:

Os calouros: HaHa! Eu tenho uma lista com o nome e características de todos os novos alunos e não vou mostrar-ar!!!
Sim, meus caros webespectadores, essa que vos escreve tem em mãos os nomes de todos – ou de grande parte – dos novos alunos da Royalith South Island, que consegui por meios não questionáveis – mas que prefiro omitir, sabe como a tirania da Roy é algo triste.
Não só o nome como a característica de cada um, linhagem, posição social, boatos, escândalos, etc e tal. Claro que aqui no colégio eu só consegui os nomes, mas, os mais conhecidos ganharam de grátis uma boa pesquisada e rondada em sua vida, de modo que, com a ajuda de meus escravos assistentes, Bill e Paul, consegui tudo o que precisaria para saber exatamente quem e como são. Mas... Vocês não saberão e nem adiantem me procurar para saber se algum deles já foi preso ou usou drogas. Nem sei se é de grande interesse, afinal, são somente pessoas como nós, jovens inúteis. Só que se vocês soubessem pelo menos a história de metade dos novos habitantes da Roy, estariam se corroendo de curiosidade.
Sim, eu sou uma tia má! Mas eis o motivo da minha omissão:
Se pensarem bem, nenhum dos milhares de novos alunos me conhece, não quero provocar a ira deles espalhando seus pequenos deslizes, isso poderia causar, dentre um apedrejamento em praça pública até uma morte sofrida e dolorida de sua colunista diária que não tem mais o que fazer da vida.


Contudo, não se deprimam jovens, para isso existe o baile de boas vindas, correto?
E estejam lá, todos trajando suas fantasias e, pelo amor de Deus, não quero passar nem perto de pessoas fantasiadas de múmias!

Agora, se me dêem licença, o café acabou, roubaram minha tarja preta – tenho certeza que foi a professora de Literatura Inglesa -, meus dedos doem, minha cabeça está pendendo para o lado, meus olhos estão se fechando lentamente e eu vou acabar por babar em cima do computador o que não é um bom sinal.

Buenas Notes e não se esqueçam de mandar mensagens comentando.
Aliás, alguém viu meus óculos? É sério, esqueci de perguntar antes, mas se alguém tiver visto eu quero eles de volta!!!


Allison Brannagah, pseudo enxergando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gustave Delacroix
Rose & Grave
Rose & Grave
avatar

Mensagens : 203
Data de inscrição : 17/09/2009

MensagemAssunto: Re: Sua fonte de fofocas diárias apresenta: O baile anual de Boas Vindas aos calouros!   Dom Mar 28, 2010 8:39 pm

Adoro tanto esse post! Forever <3 HUAHAUHAUHAUHAUH
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Sua fonte de fofocas diárias apresenta: O baile anual de Boas Vindas aos calouros!
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Contos Cantados e Histórias Narradas
» Brasileirinhas apresenta: Entrando nos portões quentes.
» Site simples Apenas html (SEM CSS)
» Villehelm Apresenta: Chakra Vedanta (Crônica Livre)
» Os Nove Antigos – Memórias Renascidas do Caos. (Crônica I - Nailah).

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Royality South Island :: Beginning :: Quadro de avisos :: Revista Royality News-
Ir para: